Formação

Formar na Casa, Formar na Digitópia, Curso Livre da História da Música e XII Curso de Formação de Animadores Musicais.

  • Formar na Casa

    Ensinar é também um desafio à criatividade, a busca incessante de novas abordagens. Pensando nos professores do Ensino Pré-Escolar e Ensino Básico, concebemos formações de um dia baseadas em processos inovadores que mostram a música como abrangente instrumento de trabalho na sala de aula. São propostas artísticas e criativas, replicáveis em contexto escolar, que facilmente adquirem um carácter transdisciplinar. Por envolverem práticas dinâmicas, motivam positivamente a comunidade escolar e estimulam a interacção entre alunos e com o professor. A par do propósito pedagógico, Formar na Casa permite aos docentes, de música ou de outras áreas disciplinares, usufruir, entre colegas, de oficinas que contribuem para a sua valorização profissional e pessoal.

     

  • Formar na Digitópia

    Experimentação e criação imediata validam os cursos intensivos da Digitópia, a plataforma tecnológica e digital da Casa da Música. Eminentemente práticos, reflectem as oportunidades de realização musical hoje acessíveis à maioria das pessoas, assentando em processos e linguagens de programação criativa.

    A exploração de software ao serviço da performance musical ou a construção de narrativas e esculturas sonoras dão conteúdo a formações que, pela sua amplitude, se destinam a músicos, artistas digitais, programadores, professores e outros profissionais ou estudantes interessados na música electrónica e na arte digital. Celebrando os 10 anos da Digitópia, a programação deste ano envolve instituições parceiras da Casa e traduz-se em cinco propostas novas conduzidas por um painel de formadores portugueses e estrangeiros.

    Por último, há novidades quanto à configuração dos cursos. Duas das propostas ocupam um dia apenas (sábado). As outras continuam a preencher um fim-de-semana inteiro, mas as sessões de sábado e de domingo deixam de ser independentes, passando a existir um bilhete único para os dois dias.

  • Saber Ouvir: 8º Curso Livre de História da Música

    Na sua 8ª edição, o Curso Livre de História da Música propõe cinco novos temas a desenvolver ao longo do ano de 2017.

    Paulo Ferreira de Castro leva-nos ao encontro de cinco gigantes da música britânica, explorando as obras de Edward Elgar, Vaughan Williams, Gustav Holst, Frederick Delius e Benjamin Britten.

    Daniel Moreira dedica o segundo módulo à relação entre música e emoções, mostrando como é que, em diferentes épocas, estilos e géneros, os compositores criam um determinado efeito expressivo (música angustiada, cómica ou apaixonada, por exemplo) a partir das características intrínsecas da música (como a melodia, harmonia e instrumentação).

    William Shakespeare é um dos grandes vultos da História da Literatura. Trabalhou na corte inglesa, onde interagiu com destacados compositores do período isabelino. Ao longo do tempo, diversos compositores inspiraram-se nas suas obras. Do teatro de corte ao grande ecrã, passando pelas salas de concerto, o Bardo deixou a sua marca na nossa cultura. Essas apropriações do universo shakespeareano serão o tema a desenvolver por João Silva.

    Rui Pereira regressa ao Curso Livre de História da Música para contar algumas das histórias mais conhecidas do repertório musical, percorrendo poemas sinfónicos célebres e explorando o léxico utilizado para comunicar as ideias extra-musicais através da música.

    Em Outubro, o cravista Fernando Miguel Jalôto encerra o curso explorando o fascinante tema da Retórica do Barroco.

    Dirigido a públicos com formação nas mais diversas áreas e sem conhecimentos específicos de música, o curso proporciona um enquadramento geral sobre diversos temas da História da Música e da nossa cultura numa perspectiva transdisciplinar.

     

    Apoio:
    EDP - Apoio

     

     

    Segundas · 17:30 às 19:15

    Auditório Fundação EDP

    Módulos individuais de duas sessões: € 20

    Módulos individuais de três sessões: € 28

    Módulos individuais de quatro sessões: € 35

    Curso na totalidade: € 90

     

    COMPRAR ASSINATURA

    A compra dos módulos individuais está disponível apenas na bilheteira da Casa da Música. 

     

     

     

  • XII Curso de Formação de Animadores Musicais

    Onze edições em anos sucessivos denotam o sucesso e a validade de um Curso que prepara músicos para a realização e liderança de actividades em contexto comunitário. Em 2016-17 recebemos novos formandos, sendo que quer a história quer o conceito permitem avançar com algumas certezas: primeiro, será um grupo com diversidade, dentro de muitos backgrounds musicais; segundo, desenvolver-se-á um trabalho declaradamente prático, envolvendo comunidades nossas convidadas, o que significa encontro efectivo e a assimilação de diferentes sensibilidades sociais e artísticas; terceiro, serão feitas abordagens musicais inovadoras, conduzidas por uma equipa internacional de formadores. Mas não é tudo. Num curso que encerra multiculturalidade, os participantes completam-se também como artistas, formando um ensemble de identidade única chamado a realizar experiências musicais e performativas fortes. Enfim, vai ser bom.

    Com a duração de um ano lectivo, esta formação compreende três módulos, com todos eles a integrarem projectos e produções originais do Serviço Educativo. Criação musical, improvisação e capacidade de articulação com diferentes agentes em ambiente comunitário são algumas das competências desenvolvidas ao longo de um programa que vai sendo mostrado ao público em manifestações artísticas com impacto social. Tudo isto acaba por se reflectir em Sonópolis, o espectáculo final que mostra o mosaico sonoro da cidade e dá um palco cheio ao Ensemble do Curso de Formação de Animadores Musicais e diversas comunidades.

     

    120 € por módulo (total de 3 módulos)

    Inscrições através de envio de CV para seducativo@casadamusica.com até 18 de Setembro de 2016